Fernando Alves Firmino

Acompanhem o Profº Fernando Alves Firmino no Facebook

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Grupo Kaoma

     Kaoma é um grupo musical franco-brasileiro de lambada que lançou com êxito esse estilo musical na Europa em 1989. Sua vocalista de 1989 a 1999, Loalwa Braz, continuou em carreira solo com o álbum Recomeçar, de 2003.

Ex-Integrantes

Loalwa Braz (vocalista): 1989-1999
Jean Claude (tecladista): 1989
Michel (baterista e percussionista): 1989-1998
Fania (flautista): 1989-1993
Monica Nogueira (backing vocal): 1989-1992
Fernando G. Rocco (dançarino de mambo e tocador de marimba): 1989
Jairo Brasil (dançarino)

Discografia:

Singles
1989: "Lambada (Chorando Se Foi)"
1989: "Dançando Lambada"
1990: Lambamor
1990: "Mélodie d'Amour"
1990: "Donna con Te"
1990: "Jambé Finète (Grillé) [Remix]"
1991: "Dança Tago-Mago (NFSU2015 Soundtrack)"
1991: "Mamãe Afrika"
1998: "A la Media Noche [Remix]"
1998: "A la Média Noche [Remix]"
1999: "Banto"

Álbuns
1989: Worldbeat
1991: Tribal Pursuit
1998: A la Media Noche





video

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Nostalgia pura


O canal Nerd Fest (Facebook) do Reino Unido reuniu 66 cenas da época de ouro do cinema com o hit 'Uptown Funk

video

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Adeus Wonka...




     Gene Wilder, ator que intepretou o Willy Wonka em "A fantástica fábrica de chocolate" (1971), morreu aos 83 anos, disse sua família à agência de notícias Associated Press nesta segunda-feira (29).

     Um sobrinho do ator disse que ele morreu devido a complicações do mal de Alzhemier, neste mês, sem especificar a data, na cidade de Stamford, no estado de Connecticut, nos EUA.

     Jerome Silberman, nome real do ator, nasceu na cidade de Milwaukee, nos Estados Unidos. Ele foi duas vezes indicado ao Oscar: de ator coadjuvante em "Primavera Para Hitler" (1967) e de roteiro adaptado em "O Jovem Frankenstein" (1974).

     Ele também recebeu duas indicações ao Globo de Ouro, pelos papéis em "O Expresso de Chicago" (1976) e "A fantástica fábrica de chocolate" (1971), filme que rendeu a ele seu personagem mais marcante, o Willy Wonka.

     Em 2005, em nova adaptação de "A fantástica fábrica de chocolate" para o cinema, o papel de Willy Wonka foi interpretado por Johnny Depp.

     Gene Wilder ganhou um Emmy em 1998, de melhor ator convidado em série de comédia, graças a uma participação especial em "Will & Grace".

     Um dos grandes parceiros de Wilder foi o diretor americano Mel Brooks. Juntos, eles trabalharam em filmes como "Banzé no Oeste" e "O Jovem Frankenstein", no qual o ator também assinou como roteirista. Wilder também dirigiu cinco longas, incluindo "A dama de vermelho" (1984) e "O maior amante do mundo (1977). Um grande gênio do cinema, da era criativa e notória da arte na telona nos deixa...ele que embalou muitas gerações com seus personagens e filmes que dirigiu.

    Graças a ele quem não sonhou em ter um Lumpa-Lumpa, comer um chocolate Wonka ou rir com as trapalhadas de Banzé. E sob sua direção sonhamos muito com a Dama de Vermelho.





Fonte: G1

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Doug Funnie faz 25 anos: Veja 10 curiosidades da série



     Há 25 anos atrás estreava o desenho Doug Funnie, desenho do canal Nickelodeon que marcou a infância de muita gente que cresceu nos anos 1990, passando em canais como TV Cultura, SBT, Manchete e Band. Só assistir à abertura já é suficiente para dar calafrios de nostalgia.
video

     Veja abaixo dez curiosidades sobre a Turma de Doug, Patti, Skeeter e sua turma:
1. Criador planejava continuação com Doug adulto - Além de 117 episódios e um longa-metragem em 1999, o criador de Doug, Jim Jinkins planejava ainda uma conclusão para a história do personagem, que nunca veio porque os seus direitos foram vendidos à Disney. Na história, um Doug um pouco mais velho estaria trabalhando como artista freelancer na cidade grande com Skeeter como colega de quarto.
2. Doug não terminaria junto de Patti Maionese - A bomba foi lançada esses dias, com Jinkins revelando em entrevistas que Doug provavelmente não terminaria com seu eterno amor platônico Patti Maionese. "A maioria das pessoas não termina com seu primeiro amor," disse.
3. Ajudou a criar a Nickelodeon - Além de criar um dos personagens mais famosos do canal, Jinkins foi instrumental na própria formação do canal Nickelodeon. Enquanto trabalhava na Warner, ele foi um dos que viu a oportunidade de se criar um canal de conteúdo exclusivo para o público infantil.
4. Referências literárias - Atrás de suas histórias simples, Doug Funnie esconde referências literárias. A over-dramática irmã mais velha de Doug, Judith, é inspirada em um poema de Virginia Woolf. Também é uma homenagem a Shakespeare, uma vez que no poema é dito que esse seria o nome de uma irmã do bardo.
5. Doug teve vida antes do desenho - O desenho foi ao ar apenas em 1991, mas Doug já rondava na consciência de Jinkins faz muito tempo. Ele foi baseado no próprio criador na infância e em 1988 ele colocou um personagem idêntico a Doug em um comercial que criou. Em 1990, o personagem ainda sem nome apareceu em outro comercial, desta vez já com seu cão, Costelinha.
6. Alterego de Jim Jinkins - As semelhanças entre criador e criatura são muitas, como também no amor ao famoso beatbox, que se tornaria recorrente na série.
7. O Episódio Perdido - Os episódios de Doug Funnie foram reprisados diversas vezes em dezenas e dezenas de canais pelo mundo, menos um: o piloto. Esse elusivo "episódio 0" nunca chegou a ser exibido e até onde se sabe está perdido para sempre ou trancado em algum arquivo de estúdio.
8. Personagens baseados em pessoas reais - Não só Doug foi baseado em Jinkins, mas também diversos outros personagens da série vieram de pessoas reais com as quais o criador conviveu na infância. O treinador Spitz se chamava Fritz, a professora gentil e compreensiva Sra. Wingo existiu, Skeeter foi baseado em um amigo chamado Tommy Roberts e até Patti Maionese foi baseada em uma paixão que Jinkins teve na época de escola.
9. A banda favorita: "Os Beets" - Assim como os personagens, a banda favorita de Doug é uma conjunção de divesas das favoritas de Jinkins. Os Beets é o que sairira de uma junção entre os Beatles, Ramones, Rolling Stones e Smashing Pumpkins. E sempre vale lembrar os nomes hilários de seus hits: "Mingau Matador" e "Let it Beet".
10. Os alter egos do alter ego - Com sua imaginação efervescente, Doug tinha diversos alter egos de heróis. Smash Adams era um James Bond, Race Canyon era inspirado em Indiana Jones e quem pode esquecer do "superman" de Doug: o Homem-Codorna?

Fonte: Catraca Livre

terça-feira, 12 de julho de 2016

Saudosismo


Esta chegando a nova versão de Caça-fantasmas

Sim, perdeu-se a essência, mas como é bom lembrar dos caçadores de fantasmas.




segunda-feira, 2 de maio de 2016

As novas caça fantasmas


     E ai galera, digam o que acham?

Sinopse:
     Atualmente uma respeitada professora da Universidade de Columbia, Erin Gilbert (Kristen Wiig) escreveu anos atrás um livro sobre a existência de fantasmas em parceria com a colega Abby Yates (Melissa McCarthy). A obra, que nunca foi levada a sério, é descoberta por seus pares acadêmicos e Erin perde o emprego. Quando Patty Tolan (Leslie Jones), funcionária do metrô de Nova York, presencia estranhos eventos no subterrâneo, Erin, Abby e Jillian Holtzmann (Kate McKinnon) se unem e partem para a ação pela salvação da cidade e do mundo.

Créditos: Divulgação


Assista ao trailer dublado:


Assista ao trailer legendado:

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Sorvete na infância



     Quem viveu nos anos 70 e 80 deve lembrar das fôrmas de gelo das geladeiras antigas. Feitas de alumínio, grudavam nos dedos. E quando estava muito calor era só misturar um bom suco, ou uma mistura com leite condensado, colocar nas fôrmas e enfiar uns palitos de dentes que pronto, ai esta o sorvete...lembra?